Aconteceu na manhã de sábado, 02 de agosto, o II Conselho Diocesano de Pastoral da Diocese de Picos. O evento foi realizado no Centro de Treinamento Diocesano – CTD, e contou com a participação do bispo de Picos, padres, religiosas e representantes dos grupos, pastorais e movimentos das Paróquias e Áreas Pastorais da Diocese.

A programação teve início com um momento de oração conduzida pela Equipe Diocesana de Liturgia. A seguir, o bispo diocesano, Dom Plínio José Luz da Silva deu as boas vindas aos participantes “Cumprimento a todos na alegria de estarmos juntos mais uma vez nesse evento que faz parte das nossas ações que repercute o que foi decido em Assembleia Diocesana”.

Continuando a programação o Pe. Sebastião Francisco dos Santos fez uma abordagem geral sobre a implantação dos Conselhos Paroquiais e de Pastoral Comunitários evidenciando Paróquias, Áreas Pastorais e Comunidades onde os mesmos já foram criados, bem como, as cidades onde os Conselhos precisam ser constituídos e nomeados. Mediante o exposto, o que se percebe é que quase todas as paróquias já formaram seus Conselhos restando muito pouco para a efetivação desta prioridade pastoral.

Logo após, os participantes se reuniram por Zonal, onde refletiram alguns questionamentos acerca da Romaria da Terra e da Água e a Assembleia Diocesana de Pastoral 2017, sendo apresentadas as sugestões em seguida.

Após a partilha, o vigário paroquial da paróquia Santo Antônio em Padre Marcos a serviço da Área Pastoral Nossa Senhora de Fátima em Alegrete do Piauí,  Pe. Antônio Ismael de Holanda, apresentou um projeto solicitando ao bispo a criação da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Apresentado o projeto, o bispo submeteu a apreciação e aprovação do projeto pelos membros deste Conselho, dentre eles os padres, leigos e leigas, sendo aprovado por todos.

O Conselho encerrou-se ao meio dia e meia com um momento de oração, seguida de almoço.

Por: Maritana Rocha/ dp15.com/ Cultura FM