Nomeado há dois meses pelo Papa Francisco o bispo Dom Edilson Soares Nobre tomou posso na noite desse sábado, 01 de abril, como o 7º bispo da Diocese de Oeiras – PI.

Antes de chegar a Oeiras, Dom Edilson foi acolhido pelo bispo da Diocese de Picos, Dom Plínio José Luz da Silva, onde permaneceu durante a noite de sexta-feira, 31, e a manhã de sábado, dia primeiro de abril. Às 14h de sábado, Dom Edilson, acompanhado de Dom Plínio, padre e seminarista seguiram para a Diocese de Oeiras.

No trajeto, foi acolhido por centenas de crianças, jovens, adultos e idosos das comunidades da diocese de Oeiras que o aguardavam a margem da BR 230 com faixas e cartazes expressando boas vidas ao novo pastor.

Ao chegar ao Portal de Oeiras, às 16h, o novo bispo foi saudado pelas autoridades presentes e por centenas de fieis que o esperavam. Participaram desse momento os bispos que fazem parte do NE IV, além dos padres diocesanos, diáconos, religiosas, seminaristas e leigos.

Depois dos cumprimentos iniciais, Dom Edilson seguiu em carro aberto, numa carreata pelas ruas da cidade, sendo saudado em cada lugar que passava até a residência episcopal. Após conhecer sua nova residência, saiu em caminhada até a Igreja Catedral. No adro da Igreja beijou um crucifixo do século XVIII, depois adentrou a catedral acompanhado pelos bispos do Piauí e pelo clero de Oeiras, visitando a capela do Santíssimo e capela-mor, onde está à imagem de Nossa Senhora da Vitória.

Após o ato, deu-se início a Celebração Eucarística no adro da Catedral Nossa Senhora da Vitória. A Missa foi inicialmente presidida por Dom Jacinto, arcebispo de Teresina, que após entrega-lo o Báculo e apresenta-lo a Cátedra passou a presidência para Dom Edilson. Concelebram a Eucaristia o arcebispo de Natal, Dom Jaime, o arcebispo emérito de Natal, Dom Matias, o arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito, e todos os bispos do Regional Nordeste IV. A cerimônia contou com a presença de administradores, padres, seminaristas, diáconos, religiosas, amigos e familiares de Dom Edilson.

Em suas primeiras palavras dirigidas aos seus diocesanos através da homília Dom Edilson disse “Como peregrino, sucessor dos apóstolos e pastor desse rebanho, bato a porta e peço licença para entrar em vossa casa, conhecer vossas famílias, penetrar os vossos corações, mergulhar no mais profundo ser de cada um e armar a tenda para fazer morada, vim morar com vocês. Que Deus me ajude e que eu possa exercer com alegria a missão que me foi confiada”.

A cerimônia foi carregada de emoção e entusiasmo, sendo coroada por uma abundante chuva que caiu nos momentos finais da celebração. Veja aqui, todas a fotos a cerimônia!

Jornalista Cleuma Silva/ dp15.com/ Cultura FM