Com o tema: “Família: uma luz para a vida em sociedade”, e o lema: “Fazei o que Ele vos disser” (Jo 2,5), a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar de Picos realizou no sábado dia 18 de março, a XII Assembleia Diocesana da Pastoral Familiar. O evento aconteceu no Auditório Sagrada Família da Paróquia São José Operário, e contou com a presença de agentes de oito paróquias e uma Área Pastoral: São Sebastião – Patos, Nossa Senhora das Mercês – Jaicós, Imaculado Coração de Maria – Francisco Santos, Senhora Santa Ana – Monsenhor Hipólito, Nossa Senhora da Conceição – Bocaina, São Francisco de Assis – Junco, São José Operário – Bairro são José, Nossa Senhora dos Remédios - Centro, e Área Pastoral Nossa Senhora de Fátima – Alegrete Piauí.

Estiveram presentes também, o bispo Diocesano Dom Plínio José, e os padres: Francisco Pereira Borges – pároco da Catedral Nossa Senhora dos Remédios, João Pereira de Sousa – Vigário Judicial da Diocese de Picos, Edivaldo dos Santos Silva – pároco da Paróquia São Sebastião em Patos Piauí e Gregório Leal Lustosa – pároco da Paroquia Nossa Senhora do Perpetuo Socorro em Fronteiras e Assessor da Pastoral Familiar Diocesana.

A programação teve inicio às 07:30h com a acolhida dos participantes, em seguida um grupo de jovens da Paróquia São Francisco de Assis no Bairro Junco, realizaram um momento de adoração com cantos e orações diante do Santíssimo Sacramento. Na sequencia houve uma breve apresentação dos que estavam na assembleia, seguida de uma fala de abertura do bispo Diocesano Dom Plínio José, onde ele ressaltou a importância do encontro e a necessidade de conhecer e aprofundar a reflexão proposta pelo Papa Francisco na Exortação Apostólica “Amoris laetitia” – “A Alegria do Amor”.

Palestras

Na sequencia, o Pe. João Pereira fez uma exposição sobre como viver o Ano Nacional Mariano na família. Durante a apresentação, ele recordou a infância, juventude e a vida adulta de Maria. Ele ressaltou a firmeza do SIM de Maria, e sua perseverança e fidelidade ao chamado de Deus. O Pe. João Pereira lembrou ainda, a partir do que pede a CNBB, que o Ano Mariano “É um ano para celebrar, para comemorar, para louvar a Deus, mas também para reaprender com Nossa Senhora como seguir Jesus Cristo, como ser cristão hoje”. Depois da exposição os participantes foram para o lanche.

No retorno do intervalo, o Pe. Gregório Leal Lustosa fez uma exposição de maneira resumida, dos nove capítulos da Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Papa Francisco “Amoris laetitia” – “A Alegria do Amor”. A cada capítulo se evidenciava o quanto a Igreja se preocupa e busca compreender as diferentes realidades que envolvem o ser humano, seja no campo social ou espiritual. Em seguida os agentes paroquiais partilharam com a assembleia as ações desenvolvidas em prol da família e os desafios enfrentados para efetivação da Pastoral Familiar em cada paróquia.

Encaminhamentos

Por sua vez, a Comissão Diocesana da Pastoral Familiar de Picos, se comprometeu em acompanhar de perto as paróquias em que a Pastoral Familiar já foi implantada, e agendar com as paróquias que ainda não possuem mais que desejam ter a implantação da Pastoral. Para o mês de abril já ficou confirmado o primeiro encontro de sensibilização e apresentação do Guia de Implantação na Paróquia São Sebastião em Patos do Piauí. Além de Patos, os representantes de Francisco Santos e de Alagoinha do Piauí também manifestaram interesse na implantação da Pastoral Familiar, tendo em vista o fato, destes municípios, possuírem grupos, que se reúnem e estudam temas relacionados à família.

Congresso Regional

Seguindo a orientação da Comissão Regional NE4 da Pastoral Familiar, que vive a expectativa do V Congresso Regional, que vai acontecer de 16 a 18 de Junho de 2017, em São Raimundo Nonato Piauí, a equipe Diocesana propôs que cada paróquia realize de 01 a 30 de maio, em preparação ao congresso, uma peregrinação com a Imagem da Sagrada Família. Cada paróquia deve fazer ao seu modo de acordo com a orientação do pároco. Essa peregrinação deve ser concluída com uma missa em intenção das famílias e do congresso.

Daniel Jorge/ Cultura FM